quarta-feira, 28 de março de 2012

Amar sem tempo


Debruçada sobre o parapeito da janela revejo este dia e apercebo-me de como o tempo é impaciente e não espera por nós.
Torna-se cada vez mais complicado acompanhá-lo, pois os ponteiros não param de correr e marcam tempos insuficientes para amar.
São lembranças o que carrego e desejos o que procuro.
São aqueles teus doces beijos que não caiem no esquecimento e fazem com que o tempo realmente voe ao pé de ti.
Amar (sem tempo) é estar ali ou acolá quando permanecemos sempre aqui, não é mais do que voar sem asas.
Longe de ti as horas são longas e o tempo horas, mas ao teu lado as horas são escassas e o tempo momentos.
Hoje sei que é o amor que nos transporta para além dos minutos, para além das expectativas e eterniza o tempo.

11 comentários:

Isa E. disse...

Rita, acredito que o amor ignora a existência do tempo e vice-versa. São duas coisas que não conseguem andar juntas...
Mais um lindo texto!
Beijos!

Pedacinhos de mim disse...

O tempo não espera, prendermos-nos a um passado é esquecermo-nos de nós, dos nossos sonhos, dos nossos sentimentos, Que palavras bonitas que aqui encontrei hoje, gostei muito. Um Beijo :)*

PauloSilva disse...

E nunca te esqueças que não terás tempo para amar quem quer que seja sem antes te amares a ti primeiro. O tempo não pára mas as pessoas também não o esperam.
Beijinhos, querida *

PauloSilva disse...

Apenas achei que tu as mereceste, minha linda.
Um grande beijinho *

ponto e virgula disse...

há momentos em que temos de esconder o tempo. precisamos de estar em privado caso contrário, não vivemos esse tempo. pensamos mais nele que no momento.
vive o momento que o tempo dará sinal quando tiver razão.




a...té

Aurora disse...

Tão lindo :)

Pedacinhos de mim disse...

Muito, mas muito obrigado pelo comentário, espero que hoje sejas feliz, que faças alguém feliz também. Um Beijo :)*

Renata disse...

Muito obrigada minha querida e vais ver que um dia, quando menos esperar, vais conseguir esse feito e vais ver que valeu a pena esperar*

Letícia* disse...

Oh que coisa bonita :)

O tempo não pára, mas o amor pode parar-nos :)

Boa Páscoa minha querida :)*

Pedacinhos de mim disse...

Confesso que já sinto saudades de ler as tuas postagens. Um Beijo e espero que tenhas uma boa semana :)*

Incógnita disse...

gostei imenso :) e não podia concordar mais..é o amor que nos faz viajar no tempo, mesmo quando não é isso que desejamos

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...