quarta-feira, 14 de abril de 2010

Missão de Fogo


Sou apenas fragmentos daquilo que fora à tempos.
A ignorância e inocência de criança abandonaram-me e agora apenas me resta a desilusão. Tudo o que consigo manter é a mágoa, que me invade, que me destrói, que corrói o meu ser.
Não há viver, somente existência.
Em mim encontro aceso o fogo da tristeza.
O que me resta é destruir o pouco que ainda tenho e aos poucos afundo a cor e afogo-me na minha escuridão. Não me vou salvar do que me fora designado.
Resta-me mentalizar-me e autodestruir-me.
A tristeza irá incendiar-me e terei cumprido o que cumprido teria de ser.

3 comentários:

Célia disse...

Vivendo e aprendendo.
Da inocência e ignorância de criança resta-te muito mais que toda essa tristeza e desanimo.
Inverte a vida, inverte o texto e vê como pode ser positivo. De mau há apenas momentos. Afinal os momentos bons também contam.

Gostei muito =)

***

Há.dias.assim disse...

Custa muito, mas um dia passa. não serás mais a mesma mas essa insuportável dor há-de passar...

Marie disse...

Consegues transmitir tão bem o que sentes. Gostei imenso de todos os textos

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...