quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Amor-perfeito

 
Imagem
 
- Mamã o que estás a fazer?
- Estou a semear amores-perfeitos, princesa.
- Amores-perfeitos?
- Sim, são umas flores lindas. Vais adorá-las!
- Mas como é que elas aparecem?
- Crescem a partir destas sementes se lhes deres muitos miminhos.
 
E naquele dia começou a nova paixão de Margarida que desde aí acordava de manhã e corria para o jardim, para ver se o amor nascera, tal como dizia na inocência dos seus seis anos.
Não mais se esquecera da primeira vez que viu um amor-perfeito florescido, ficando horas aguardando que também os outros desabrochassem.
Quando as flores começaram a murchar a mãe dera-lhe um caderno para que nele criasse o seu próprio jardim. Para tal, escolhiam de todos os amores-perfeitos aquele a que chamavam o verdadeiro e era esse que Margarida colava no seu eterno jardim, ao lado do desenho que fazia para que mesmo quando a flor secasse não perdesse a cor.
Ano após ano, semear, dispor e cuidar de amores-perfeitos era uma actividade que a ligava à sua mãe e que ambas adoravam, apreciando cada minuto em que da terra cultivavam o seu amor. 
Hoje Margarida não é mais menina, mas sim mãe e recordando a sua infância ensina agora a sua pequena filha a cuidar daquelas flores de cores vibrantes. A sua mãe, agora avó, junta-se a elas e, as três sentadas no banco de jardim, desfolham os inúmeros cadernos que Margarida preenchera, revivendo cada carinho e ansiando que um amor assim nunca esmoreça. 

8 comentários:

Isa E. disse...

Rita,
Quanta delicadeza e inspiração nesse texto!
Tudo nessa vida começa com a ideia que é lançada através da semente.
A vida é o nosso jardim , não é mesmo?
E semear é a nossa missão.
Amores-perfeitos são ótimas sementes...

Beijo

Emilie Lorena disse...

Este texto está lindo! Relembra-nos a nossa infância, o nosso imaginário. E não nos faz esquecer que um dia mais tarde seremos nós a plantar belas imagens na mente de crianças! Adorei!
E, oh, obrigada pelo comentário. Sorri bastante quando o li e foi uma grande honra :$

Álvaro Lins disse...

Um texto delicado e sensível... Mas amores-perfeitos, só mesmo flores:)!
Bjo

Pedacinhos de mim disse...

É bom quando num texto vivemos de novo sensações, vivemos de novo emoções que nos fazem recordar. Gostei muito do que aqui li hoje. Um Beijo :)*

Niqui disse...

Que ternura este texto (:
Ando numa ansiedade tremenda, está quase a chegar a decisão final. Espero mesmo que corra tudo bem...

Isa Lisboa disse...

Gostei muito deste texto, flores perfeitas e sentimentos perfeitos!
beijos

Álvaro Lins disse...

Passo para desejar um excelente fim de semana!
Abraço

catarina disse...

Gostei imenso deste texto, e obrigada. Desculpa a demora a responder, só cá vim agora :)

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...